Aprendizagens

Go to content

Main menu

Os Jogos na Clínica Psicopedagógica

Artigos

O jogo na psicoterapia e na psicopedagogia

Os jogos e as brincadeiras são recursos indispensáveis na terapia de crianças e adolescentes. É através do brincar e jogar que se cria um ambiente de significação da aprendizagem e dos conteúdos emocionais.

Quebra-cabeça de números

Este é um jogo que estimula o raciocínio lógico-matemático. A criança, ao se deparar com as peças embaralhadas, deve criar uma estratégia de ação que será observada pelo profissional:

Qual pegará primeiro?

Observará os números e sua seqüência?

Começará com peças maiores?

Ao levantar hipóteses estará elaborando estratégias e estimulando suas habilidades mentais.

O profissional sabe a hora exata de interferir, de modo a ajudar a criança a conhecer outras possibilidades de aprendizagem e de resolver uma situação-problema. A criança aprende a perguntar e a buscar soluções.

A intervenção do profissional pode estar baseada na solicitação da justificativa de uma peça colocada.

Esse conhecimento das estratégias usadas pela criança proporciona conhecimento de si mesma e um modelo para resolver outras situações vividas no dia-a-dia.

Aprendendo a pensar

Com diferentes desafios a criança aprende a pensar sobre como superá-los. Esse exercício se estende para todas as outras situações que são vivenciadas pela criança na escola e em família, por exemplo.

Montagem de cenas

Esse é um jogo de montagem de cenas e reorganização dos fatos para compor uma história. Ao realizar a atividade, a criança estimula o raciocínio de elaboração de seqüência lógica de ações. A intervenção do profissional está em produzir reflexões na criança, o que a leva a questionar, justificar e organizar suas próprias ações.

Desta forma, o brinquedo não é somente para descontrair, tem função educativa. Entretanto, a postura do profissional diante da brincadeira da criança, torna-se primordial, pois ele sabe de que maneira intervir a fim de estimular na criança entendimentos e novas ações, tornando-a mais ativa na vida pessoal e escolar.


Back to content | Back to main menu